RabiscosRedondos

Terça-feira, 22 de Novembro de 2011

Rabisco Diário

Um dia frio...
Acordar cedito, tratar de promenores de um dos projectos actuais...
Momento cafeína... :)

"Calor leva nega do cubo geladito..."

Depois vem a parte borurcrática da cena... O Rabisco foi almoçar com o Boss's da Escola onde estuda... Era o Aniversário da Escola... A refeição até correu bem. Boas entradas, bom prato, bom vinho e melhor boa conta que não paguei :) Tudo muito bem...
Chegou à hora de ler o rabisco do discurso para professores, funcionários, outras entidades e alguns alunos. Que não estiveram em massa.
Nervosinho miudinho... Mas lá passou...
Cumprimento dali cumprimentos para ali... E terminou :)
Agora que rabisco sobre o meu dia coloco um link para uma música que fez sorri neste dia chuvoso :D

http://www.youtube.com/watch?v=ub5YCdA4Ej8
(Espero que gostem)

Um rabisco e uma até já...

publicado por Rabisco às 18:32
Segunda-feira, 21 de Novembro de 2011

Rabisco Gelado (Parte IV)

 

 

Hoje o calor viu o cubo de gelo.
Ele confessou comigo:

 

Tive vontade de abraçar e não a largar mais.

O Calor ficou logo pela manhã sem resposta, viu o cubo de gelo de fugida...
Mais tarde passaram um pelo outro... A chama pegou fogo mas logo afrouxou... O Gelo tentou escapar-se sem olhar... Podesse dizer que custou imenso. Mas mesmo assim arranjou maneira para falar... Pouco por sinal... Durou mesmo muito pouco...

Porquê? Fez o calor algo de errado a falar? Ou será que o gelo já não quer sentir o a chama do calor? :(

Qual será a chave desse congelador????

O calor adorava tanto poder agarrar no gelo e ir bem longe. Longe de preconceitos longe de energias negativas longe de quem quer mal...
A vida está a ser uma história bem gelada...

 

 

Com tanto frio que se faz sentir só me resta, a mim Rabisco, de me embrulhar nos cobertores e ibernar até amanhá...

Um rabisco e um até já...

publicado por Rabisco às 21:43
sinto-me:
Segunda-feira, 21 de Novembro de 2011

Rabisco Gelado (Parte III)

E mais um fim de semana passou...
E mais uma tentativa de incendiar o gelo com o calor...
E mais uma tentativa falhada...
O gelo virou as costas e entrou num prédio pequeno mas isolado de calor.

Foi assim...
Com uma ideia de levar o gelo a um sitio frio, ventoso e areado, pensando que poderia ele se encher de estar gelado... Mas a vontade de surpreender não chegou para meter o gelo num aquecedor quente e levar... Começam-se a somar a tentativas falhadas... Começa a ser um jogo de sentimentos? Sim porque tudo isto acaba por ferir...
O calor acaba por se sentir incapaz e limitado, visto que não levou o gelo a gelar ainda mais com intenções de o fazer sentir "farto de estar congelado"...
Não desistir... A vontade é forte e as limitações não apagaram a chama de calor...

Já começa a ser uma história de encantar... Onde impera a guerra nesta parte da banda desenhada...

Agora no quente em casa dou por mim a pensar... Dou por mim a rabiscar... Dou por mim a suspirar... Sinto-me incapaz de incendiar mais a chama do calor... Mas espero dormir sobre o assunto e amanhã quando os olhos abrir me lembrar de algo que motive o calor a derreter o gelo...

Um rabisco e um até já...

publicado por Rabisco às 00:14
sinto-me:
Domingo, 20 de Novembro de 2011

Rabisco Gelado (Parte II)

 

Fico triste...
O Calor fica cada vez mais fraco...
Vira-se o gelo para o calor:
"Ja andava desconfiada... Há duas semanas... Dos dois rabiscos que por sinal tão numa foto contigo..."
Acham que se o calor tivesse interessado em rabiscar iria tirar alguma foto com um ou outro rabisco para a foto aparecer no mundo todo das redes?
O calor pode por vezes não pensar devido à chama que incendei-a a temperatura mas não seria burro a esse ponto.
O calor a querer quebrar o gelo e o gelo a querer apagar para sempre o calor com ideologias sem lógica alguma...

Um rabisco e um até já...

 

publicado por Rabisco às 00:48
sinto-me:
Sábado, 19 de Novembro de 2011

Rabisco Gelado (Parte I)

 

 Isto é tudo muito giro...
Ontem na noite gelada o cubo duro, frio e magoado, deixou que a temperatura o derrete-se um pouco.
Foi giro, foi bom... Parecia que era um sonho repentino. Sem nada idealizado a conversa foi-se proporcionando.

 

O gelo bem gelado e o calor bem quente conseguiram falar, ouvirem-se e compreenderem-se. Reparo que na verdade eles fazem o jeito um do outro, rabiscam-se na perfeição. Após longa conversa que se pode dizer produtiva o calor acalmou o cubo gelado e passaram pelas brasas...
(...)

Até que o frio voltou a congelar o gelo todo e tudo passou a ser como antes... :( O calor meteu a sua chama no saco, pegou nas coisas às costas e respeitou a decisão do cubo, mas não quer dizer que faça tal e qual o que o cubo quer...
Frase do cubo bem gelado "Ajuda-me a ficar ainda mais congelado, não me mostres mais essa chama, não despertes a vontade de derreter que há em mim, porque neste momento só quero estar assim bem no congelador..."
Tal como referi, a chama respeitou mas é claro que não tem intensões de promover tal temperatura gélida e desagradável...
E agora como vai ser? E o calor deve ter vontade de intensificar a temperatura? O calor deverá intensificar a congelação? Cá o Rabisco pensa que não. Mas nada é fácil. Num instante derrete no seguinte congela ainda mais... Mas um coisa penso que é correcto, desistir nunca...

Um Rabisco e um até já...

publicado por Rabisco às 02:24
sinto-me:
Quarta-feira, 16 de Novembro de 2011

Rabisco 100 Força

Ter a alma desolada é como ter os pés gelados.

Podemos saltar, pinxar e até rabiscar mas só um bom aquecedor consegue derreter esta pedra de gelo.

Na verdade depois de tantas tentativas de tanto esforço a energia começa a escassear, fico sem saber o que fazer...
Olho-me ao espelho e sinto-me com umas pálas que não me deixam pensar em como fazer de outra forma.

Mas mesmo assim não consigo nem quero desistir mesmo sabendo que o gelo derrete durante uns segundos mas volta a congelar no minuto seguinte. Tas a ser uma grande pedra de gelo difícil de Rabiscar...

Como posso eu derreter um cubo de gelo que lá no fundo quer derreter mas tem medo de derreter e nunca mais voltar a congelar? Será que tem medo de arriscar? Será que tem medo de confiar nas capacidades de congelação? Será que não quer entender os Rabiscos?

Fica a questão no ar... Desistir nunca...

 

Já chega de gelo...

Ora na verdade tudo é muito giro mas a força tende a diminuir.

Agora em casa faço um apanhado dos últimos dias da vida que tenho tido. É tudo muito bonito mas tenho de arranjar forças em algum lado para tar em vários sítios com vários projectos ao mesmo tempo. Ora é o trabalho, ora os projectos, ora o mestrado (sim o rabisco está agora em mestrado), ora é o gelo que está a ser de difícil descongelação...

Preciso de me encontrar com a vida e orientar tal passagem por este mundo. O meu dia precisava de 72Horas para conseguir chegar a todo o lado com cabeça...

 

Agora vou-me agarrar a rabiscar o resto do meu relatório de estágio que já o deveria de ter entregue à algum tempo atrás...

Um rabisco e um até já...

publicado por Rabisco às 23:49
sinto-me:
Quarta-feira, 16 de Novembro de 2011

Rabisco Obscuro

 

 

 

 

Olá Rabiscadores...

Hoje em pleno mês de Novembro resolvi reviver a sensação de Rabiscar um pouco.

Até pensei que já tinha expirado o Blog. Mas aqui vai:

 

A vida dá muitas muitas e muitas voltas. Asneira, louvores, preocupações, sensações arrepiantes, sucessos, misérias, conquistas e perdas...
Sim na verdades esta vida além dos bons caminhos que tem andado, sofreu uma grande perda. Foi a perda do novo mundo postado no último rabisco. Esta perda foi conseguida pela asneira que realmente se realizou e temos de ser sincero quando asneira-mos temos de pagar pela asneira. Tenho feito isso todos os dias quando acordo e abro os olhos para o dia pensando que não estou no mundo que gostaria de estar, ou melhor não estou em mundo algum. Existem momentos, horas, minutos, segundos que até consigo entrar nesse mundo mas esse tempo é muito curto. Quero reconquistar, quero amar, quero fazer feliz e só esse mundo me dá vontade para tal. Como posso eu voltar a entrar nesse mundo? Rabiscando? ou a Rabiscar? Adorava ter um foguetão para voltar a pertencer a esse mundo.

Faz-me tanta falta esse mundo, assim tudo era rabiscado mais facilmente...
Rabiscadores, espero conseguir sempre um minuto para continuar a Rabiscar por cá e partilhar com vocês rabisquinhos interessantes...

Sabem que mais? no próximo Rabisco explico o mundo que falo...

 

Um Rabisco para todos...

 

 

publicado por Rabisco às 12:53

mais sobre mim

Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
23
24
25
26
27
28
29
30

pesquisar

 

arquivos

últ. comentários

  • :'( :'(
  • :'(
  • Não. O era uma vez refere-se ao novo mundo ...
  • "Se era uma vez" é porque já passou..já era..certo...
  • Girou o mundo... As coisas mudaram e o post passou...
  • Na verdade até faz sentido o que estás a dizer. Se...
  • Olha a mim nunca ninguém me disse coisas tão bonit...
  • Houve um triste dia que o gelo caiu no chão e se q...
  • Sem dúvida que o que dizes faz todo o sentido... E...
  • Bem, antes de mais parabéns pelo mestrado e também...

mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro

subscrever feeds