RabiscosRedondos

Terça-feira, 29 de Setembro de 2009

Rabisco Praxe



A Praxe...
É o símbolo universitário inicial. Vindos até de além mar são integrados dentro de uma comunidade vestida de capas negras atravez de este movimento de bichos chefiado por veteranos sizudos e intlectuais. Pode parecer duro chato ou até uma seca mas simplesmente são meros segundos de uma vida universitária que nunca ninguém se esquece e que todos querem voltar a recordar mesmo que seja só quando nos diziam "troca"... Dias de muito sol passam e muito barulho se avisinhava. Cobertos de cácá até aos cabelos a trazandar a podre até não puder mais canta-se salta-se berra-se e até se chora de saudades. Desde um simples ovo quebrado na nuca ou então um arroto mal dado serve para um bom momento de diversão e animação...

A Praxe...
Momento de tristesa momento de saudade momento de alegria momento de necessidade momento de integração momento de energia momento de prova de fogo para uma vida académica muito dolorosa psicologicamente. Podem pensar que a praxe serve só para divertir os mais velhos ou então para serem distinguidos no meio de tanto animal novo mas tá errado. A praxe é muito mais que um simples hábito académico.

A Praxe...

Foi para mim uma pequena vida da qual sinto saudades. Saudade dos veteranos chatos saudades dos canticos saudades dos exageros saudades dos colegas caloiros saudades da mini que nunca mais terminava saudades do "piu piu sou uma ave rara" saudades do "aqui sr. beterano" saudades do 1 2 insecável 4 5 ... saudades de trocar saudades de rebolar saudades de cantar pela minha escola saudades de vencer com a minha escola saudades de sentir que "na Gestão somos um só" saudades chorar por não termos ido muito longe no desfile (fomos só da escola ao seminário) saudades do despique saudades dos concursos saudades de me alimentar sem talheres saudedes de "mão direita é penálti" saudades de tanta coisa.... Nem imaginam....

A Praxe...
É tudo o que eu mais aconcelho a todos o novos membros deste mundo que é a vida universitária.

A Praxe...

É simplesmente nossa e há-de ser. A praxe é nossa e há-de ser. A praxe é nossa até morrer.

Nunca virem as costas à PRAXE...


(Agradecimento a: Sou Assim)

 

 

Um rabisco e um até já...

publicado por Rabisco às 22:06
sinto-me:

8 comentários:

Eu tenho gostado muito da minha praxe... e não vou desistir.
Beijo
Sonhadora a 30 de Setembro de 2009 às 08:43
Eu fui praxado...
Eu praxei (muito)...
Eu ensaiei cânticos e músicas aos caloiros, por causa do nosso desfile...
Eu cantei, gritei, comi, bebi, ensinei, sofri, chorei e ri sempre com eles, fosse qual fosse a minha posição...
Há que saber praxar, e saber a quem se está a praxar, porque a praxe só terá esse nome se, e só se, o Caloiro se estiver a rir no final, porque q praxe não é para o Veterano, mas sim para o Caloiro... Quando ensaiamos músicas, ou algo em grupo, há um espírito que nunca deve morrer, que é o de União entre todos eles. Para que se conheçam façam amizades, se integrem, interajam uns com os outros... Há regras que ninguém tem que nos ensinar; simplesmente as sabemos ou não. Porque fazer sofrer por fazer sofrer não é (de todo) o melhor caminho a seguir.

Mas isto sou eu...
E regressa agora tudo. Essa altura do Ano está aqui, ao virar da esquina, e pela primeira vez em 12 anos, eu não vou estar envolvido. Também tá na hora lol De qualquer das formas, tenho um tremendo orgulho em ter sido um caloiro da Gestão, um Veteraníssimo da Gestão, e defendi aquelas cores até ao limite (e tu sabes bem que é assim, Rabisco)... Oxalá consigas ter um percurso tão bonito e cheio de coisas boas como eu, porque era sinal que terias um saco de recordações interminável ;)

Tudo de bom, e vive bem o teu primeiro Ano de Veterano!
Abração, e viva o nosso espírito que não se explica, apenas se sente...
Sou_Assim a 30 de Setembro de 2009 às 09:36
Um ano académico é sempre especial e o primeiro ano de veterano irá de ser concerteza um excelente ano. Tudo como tu dizes CHEIO de sorrisos e de diversões é o que eu espero nestes meus primeiros caloiros e neste meu primeiro ano de veterano. Espero que eles se adaptem tal e qual como me adaptei e que gozem muito mais que eu gozei (dificil)....


Um Rabisco meu grande AMIGO BETERANO
Rabisco a 1 de Outubro de 2009 às 11:02
Mas nunca desistas mesmo porque são estes tempos de praxe que fazem da nossa vida académica única.

Um Rabisco
Rabisco a 1 de Outubro de 2009 às 10:57
As saudades do tempo em que fui caloira....
Sad Tear a 30 de Setembro de 2009 às 11:18
Imagino...
Faz assim volta até à tua antiga escola e revive juntamente com os teus amigos aqueles momentos que voces nunca esqueceram...

Um Rabisco
Rabisco a 1 de Outubro de 2009 às 11:03
Eu por ser aluna da noite não tive direito a isso.
Axo mal!
Queria tanto...

:(

Beijinho
Pinky a 30 de Setembro de 2009 às 14:07
Ainda haverá tempo.
Não precisas de ser aluna de dia... Eu se algum dia estiver numa comissão terei todo gosto de a praxar... :):)

Nice Praxis Good Praxis

Um Rabisco
Rabisco a 1 de Outubro de 2009 às 11:05

mais sobre mim

Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
15
16
17
19
22
23
24
26
27

pesquisar

 

arquivos

últ. comentários

  • :'( :'(
  • :'(
  • Não. O era uma vez refere-se ao novo mundo ...
  • "Se era uma vez" é porque já passou..já era..certo...
  • Girou o mundo... As coisas mudaram e o post passou...
  • Na verdade até faz sentido o que estás a dizer. Se...
  • Olha a mim nunca ninguém me disse coisas tão bonit...
  • Houve um triste dia que o gelo caiu no chão e se q...
  • Sem dúvida que o que dizes faz todo o sentido... E...
  • Bem, antes de mais parabéns pelo mestrado e também...

mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro